Como escolher a franquia ideal e lucrativa

Buscar investir em uma franquia é um passo muito natural para quem quer abrir um novo negócio, mas não tem experiência na área do empreendedorismo, ou simplesmente não possui o tempo necessário para trabalhar uma marca própria do zero, construindo todo o conhecimento e estrutura necessários para tal.

No Brasil, as centenas de opções de franquias podem confundir os investidores interessados, pesquisando em qual marca devem apostar para seu próximo negócio. A dificuldade está na quantidade de variáveis envolvidas na escolha do negócio.

Sabendo destas dúvidas constantes, elaboramos algumas dicas sobre como escolher a franquia ideal e lucrativa para você:

Foto: Goliveconsultoria
Foto: Goliveconsultoria
– Seu negócio deve estar na sua área

Parece um grande clichê dizer que você deve escolher um negócio ou um trabalho na área com a qual você mais se identifica. Mas é uma grande verdade. Ter um negócio exige estudo constante, entendimento de mercado e interação com produtos e serviços que estarão ligados à área escolhida. Se escolher um negócio em uma área que não gosta, há chances do seu empreendimento virar um pesadelo.

– Não aposte tudo

Franquias são mais seguras que empreendimentos convencionais, mas não são infalíveis. Não invista todo o seu dinheiro em um único negócio ou marca. É recomendável variar até mesmo o segmento.

– Faturamento não é lucro

Você verá muito material de divulgação falando sobre franquias de R$ 50 mil que faturam R$ 125 mil por mês, ou até mais. Isso não é mentira, mas cuidado para não confundir as palavras – faturamento é o dinheiro bruto, não o lucro!

– Converse com outros franqueados

Achou boas opções, o atendimento foi ótimo e parece tudo certo? Tome um tempo para encontrar outros franqueados da mesma marca e conversar com eles sobre quais foram as dificuldades, as surpresas e os aprendizados mais marcantes que ele teve sobre a própria unidade. Embora a franquia também queira ajudar você, ela está tentando vender a ideia, e dificilmente revelará todas as grandes fraquezas.

– Franqueado também se dedica

A marca não é sua, mas o empreendimento é! Não pense que o negócio anda sozinho apenas porque é uma franquia. É necessário dedicação e esforço do dono, principalmente no início de cada unidade. Tenha certeza de que você poderá se dedicar como deve.